terça-feira, 2 de setembro de 2014

Porto Alegre no final do século XIX

No final do século XIX a cidade de Porto Alegre crescia vertiginosamente. Tal crescimento era urbano, demográfico, industrial e cultural. Segundo Sérgio Franco, houve um "ciclo de crescimento industrial a partir de 1890, acompanhado do ingresso de numerosos imigrantes", quando "a cidade marcou passo, tanto no aspecto demográfico quanto no perfil urbanístico".
(Gente e espaços de Porto Alegre. Porto Alegre: EdUFRGS,2000, p.55)
Em 1892 Porto Alegre atingia 46.500 habitantes. Nesta época, além de alemãos, italianos, muitos portugueses embarcavam diariamente para o Brasil. Entre tantos, vale citar a família "Postiga" que buscou fazer fortuna no Brasil. Neste ano, a cidade era palco de agitações políticas...no ano seguinte assistia-se a Revolução Federalista. A estatística predial de 1892 apontavam a rua Voluntários da Pátria como possuindo 58 sobrados, ficando atrás apenas das ruas Marechal Floriano (64) e dos Andradas (155).
É justamente um dos prédios da Rua Voluntários da Pátria que mostramos na imagem abaixo. Trata-se da "Companhia Fábrica de Móveis" inaugurada em 22 de fevereiro de 1892. A imagem faz parte da ilustração dos recibos da fábrica, de 1904, e vem assinada por João Ferreira Pacheco.


Nenhum comentário: